Liga da Justiça | Gal Gadot confirma que sofreu ameaças de Joss Whedon

Relatos anteriores já vinham destacando a situação.

Mulher-Maravilha no filme Liga da Justiça
Divulgação

Lançado originalmente em 2017, o filme Liga da Justiça continua surgindo na mídia envolvendo as diversas situações polêmicas dos seus bastidores. E entre elas, a mais recente envolve uma nova confirmação de ameaças sofridas pelo elenco na época das suas refilmagens.

Em uma recente entrevista exibida pelo canal israelense N12 (via Coming Soon), a atriz Gal Gadot, intérprete da Mulher-Maravilha nos filmes da Warner Bros. Pictures e DC Films, confirmou que o cineasta Joss Whedon fez ameaças sobre a sua carreira durante as refilmagens que ele comandou do longa após a saída de Zack Snyder:

“O que eu tive com Joss, basicamente, foi que ele ameaçou minha carreira e disse que se, eu fizesse alguma coisa, ele tornaria minha carreira miserável, e eu simplesmente resolvi isso na hora”.

Relatos sobre os abusos de Joss Whedon nos bastidores do filme Liga da Justiça surgiram há meses

- publicidade -

É válido lembrar que os abusos cometidos por Joss Whedon durante as refilmagens de Liga da Justiça começaram a ser relatados durante o ano de 2020, quando na ocasião o ator Ray Fisher, intérprete do Ciborgue, relatou através de uma declaração em sua conta no twitter diversas atitudes do cineasta.

Na ocasião, Fisher escreveu o seguinte:

“O tratamento de Joss Wheadon com o elenco e a equipe da Liga da Justiça foi grosseiro, abusivo, nada profissional e completamente inaceitável.

- publicidade -

Ele foi protegido, de várias maneiras, por Geoff Johns e Jon Berg.

Prestação de contas > Entretenimento”.

Desde então, diversos atores e atrizes que trabalharam com Whedon ao longo dos anos começaram a destacar situações abusivas do cineasta nos bastidores dos seus projetos. Retornando as questões envolvendo Gal Gadot, o site The Hollywood Reporter também chegou a relatar em um artigo as questões envolvendo o conflito da atriz com o cineasta.

- publicidade -

No conteúdo foi destacado que durante as filmagens de Liga da Justiça a intérprete da Mulher-Maravilha teria tido diversas discussões com Whedon, se recusando em alguns momentos a ler as falas que ele havia escrito. Algumas delas envolviam “questões sobre sua personagem ser mais agressiva do que em ‘Mulher-Maravilha'”. “Ela queria fazer a personagem fluir de um filme para o outro”, disse uma fonte à publicação.

O maior conflito teria acontecido quando Whedon pressionou Gadot a gravar falas de que ela não gostava. Foi quando ele teria ameaçado prejudicar sua carreira, pressionando-a a dizer o que ele tinha escrito. Durante as discussões, Whedon também teria diminuído o trabalho da diretora Patty Jenkins em Mulher-Maravilha.

Mesmo que o cineasta tenha ficado se gabando da situações após o ocorrido, destacando que teria colocado a atriz em seu lugar, foi ainda destacado pelo texto que a mesma teria resolvido a situação indo falar com executivos na companhia da cineasta e não teria gravado as cenas que estavam sendo impostas.

Leia também: Liga da Justiça de Zack Snyder | Todos os filmes cancelados pela DC Films

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes e séries de heróis no Universo HeroicoAproveite também para seguir a nossa conta no instagram.

-publiicidade-
Marco Victor Barbosahttps://www.jornadageek.com.br/
Formado em Jornalismo desde 2012, é o fundador dos sites Universo Heroico e Jornada Geek. Antigo frequentador de locadoras, colecionador de filmes, e agora um apaixonado por streamings. Amante de filmes, séries e games, além de acreditar que é possível vivermos em um mundo onde possa gostar de Marvel e DC.
-publicidade-
498FansCurti
14,815SeguidoresSeguir
1,353SeguidoresSeguir

Últimas Postagens

-publicidade-

Artigos Relacionados